Bandeira do Paquistão

BANDEIRA PAQUISTAO
BANDEIRA PAQUISTAO

Quais as cores da bandeira do Paquistão?

As cores da bandeira do Paquistão são simplesmente verde e branco.

O Paquistão é um país relativamente novo, tendo sido criado após a Segunda Guerra Mundial, quando o Reino Unido concedeu a independência total aquilo que até então era a sua colónia da Índia, que englobava diversos países da actualidade.

Apesar do país ter formalmente nascido apenas em 1947 existe um passado a ter em conta. A chegada do Islão à região – um evento de vital importância para a compreensão do actual Paquistão – ocorreu no século VIII.

Entre os séculos XVI e XVIII o Império Mughal dominou toda aquela área, influenciando profundamente o território. O domínio que se seguiu foi repartido entre os impérios Sikh e Maratha. A história do Paquistão é muito interessante.

A Bandeira do Paquistão data dessa época, tendo sido oficialmente adoptada a 11 de Agosto de 1947, apenas três dias antes da independência do moderno Paquistão.

Significado das cores da bandeira do Paquistão

Cores da Bandeira do Paquistao
Cores da Bandeira do Paquistão

Realizou-se nessa data uma reunião da Assembleia Constituinte que aprovou o design da bandeira, que se manteve até aos dias de hoje.

A bandeira tem um formato rectangular, sendo predominantemente verde, de tonalidade escura, e tendo uma faixa branca do lado esquerdo. Na área verde pode ser observado um símbolo da lua em quarto crescente e uma estrela de cinco pontas, ambos em branco.

A zona verde da bandeira representa o Islão, religião maioritária no país, enquanto a área branca, de menores dimensões, alude às religiões minoritárias existentes no Paquistão. O quarto crescente simboliza progresso e a estrela é uma alusão à luz que brilha sobre a nação.

Com alta importância na história do Paquistão, a bandeira inspirou-se na da Liga Muçulmana, um partido nacionalista existente na antiga colónia britânica, advogando a independência do Paquistão. Por sua vez este adoptou a simbologia e as cores das bandeiras do Sultanato de Deli, do Império Otomano e do Império Mughal.